sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

GOTA DE ORVALHO OU ESPERANÇA?


A felicidade não é como a gota de orvalho como diz a canção de Jobim. Acho que ela é a esperança do surgimento do orvalho. Uma esperança. Hoje se digo que estou feliz, quero dizer na verdade que estou com uma esperança. E realmente estou com uma ponta de felicidade no futuro. E como o futuro é incerto, afirmo que sinto uma felicidade indefinida e efêmera.
Penso que criar uma expectativa, mesmo quando as coisas não estão a nosso favor. Aliás, raramente elas estão. Ainda assim, construímos uma certa ilusão que nos ajuda a afastar o sentimento depressivo, as músicas da Elis e o álcool. E assim vamos vivendo o dia após dia esperando a gota de orvalho numa pétala de flor.