terça-feira, 24 de abril de 2007

BURACO DE DESEJOS

O mundo é um buraco de desejos
Alguns se encontram pelo caminho
Outros passam bem longe
Mas todos caem.

Há os que temem
Os que sonham
Nem todos vivem
A alma.

Substancial é a vida
De carnes que se querem
Mas que nunca se tocarão
A não ser pelo desejo
Um outro desejo.

A fantasia que floresce
Nas tragédias que se finda
Lições de arrependimento.
E outro desejo aparece
O de mudar.

Essa mudança é um buraco
Onde se encontra todos os desejos
Talvez o mundo.


LUIZINHO BRITO