quinta-feira, 8 de fevereiro de 2007

"A CULPA DA MÁ QUALIDADE DO ENSINO É DO PODER PÚBLICO", DIZ MINISTRO

Na última quarta-feira, o ministro da educação Fernando Haddad divulgou os tristes resultados do Seab 2005 ( Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica), no qual aponta uma piora no desempenho dos alunos do ensino médio na prova aplicada em 2005. Segundo o ministro a culpa não é do aluno, mas sim do poder público que foi incapaz de oferecer um ensino de qualidade para um número maior de estudantes. Veja mais detalhes no jornal O GLOBO http://oglobo.globo.com/educacao/mat/2007/02/07/294487599.asp . Esse resultado mostra claramente que o governo precisa olhar mais para a nossa juventude. O reconhecimento do ministro Haddad de que a culpa é do poder público é importante, mas não resolve o problema. É preciso estabelecer politicas públicas sólidas e estruturais no que diz respeito a educação pública no Brasil. Segundo o próprio ministro que ficou envergonhado de anunciar os números do Seab, o presidente Lula lançará um pacote educacional em março.