sábado, 10 de fevereiro de 2007

LULA DIZ QUE REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL NÃO IMPEDE CRIMES

Luiz Megale
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta sexta-feira que a redução da maioridade penal não vai impedir que ocorram crimes como a morte do menino João Hélio Fernandes Vieites. Para Lula, além da ação do Estado é necessário também "retomar os valores tradicionais da família (...) Corremos o risco de acabar absolvendo o Estado, responsável pela formação de uma geração de jovens empobrecidos e desesperançados, e condenar esses jovens", argumentou Lula. O presidente disse que a violência é "um tema difícil, porque envolve paixão e emoção" e acrescentou que "o Estado não pode reagir com paixão nesses casos".