terça-feira, 15 de maio de 2007

GAROTO PROPAGANDA DO BIODIESEL

Da agência Estado

SÃO PAULO - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou em entrevista coletiva nesta terça-feira, 15, que quer ser o garoto-propaganda da produção do biodiesel. "Querem diminuir o aquecimento global? Querem melhorar a qualidade do ar?", questionou o presidente oferecendo como solução aos países a nova matriz energética. "O biodiesel cresce de forma extraordinária, mais do que esperávamos que fosse crescer".

Sobre a humanização do trabalho nas lavouras de cana-de-açúcar - onde há denúncias de exploração da mão-de-obra -, o presidente afirmou que há preocupação do governo, mas que a questão deverá ser resolvida entre os sindicato dos trabalhadores e os empresários.

Segundo ele, o governo só irá intervir se a negociação entre os dois não estiver dando resultados. Em última hipótese, ainda de acordo com Lula, pode-se pensar em propor uma lei ao Congresso para regular a questão. "Como é um programa novo, não podemos permitir que com o biodiesel se repitam os erros que foram cometidos no plantio de cana-de-açúcar nesse País.