terça-feira, 15 de maio de 2007

LULA DIZ QUE NÃO SERÁ CANDIDATO EM 2010

Da agência Estado ( "A Tarde")

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarou hoje, em entrevista coletiva, que não será candidato à presidência em 2010 e não pensa em disputar um terceiro mandato. Ele afirmou que proibiu os aliados, no Congresso, de apresentarem qualquer projeto de modificação da lei sobre a reeleição que lhe permitiria se candidatar novamente. "Não serei, não penso nem cogitarei qualquer proposta de terceiro mandato. Já achava ruim um segundo (mandato), imagine um terceiro", disse o presidente.

Lula fez a declaração em resposta a um repórter que lhe perguntou se assumiria o compromisso público de não se candidatar a um terceiro mandato (o que não é permitido pela lei atual). "Quem tem que esclarecer é quem inventou isso (a hipótese de terceiro mandato). Eu não brinco com a democracia. E aqui todos nós aprendemos que não se pode brincar com a democracia. É perigosa qualquer proposta de um terceiro mandato."

Em seguida, Lula lembrou que sempre foi contra a proposta de reeleição e que só se candidatou em 2006 a um segundo mandato, porque foi "obrigado" pela situação política. "Sou contra (a reeleição) e não serei candidato em 2010. Acho imprudente alguém apresentar proposta de um terceiro mandato", afirmou.

O presidente disse que defende, na reforma política, uma proposta de um mandato de cinco anos, sem direito à reeleição, com a possibilidade de o ex-governante voltar a se candidatar cinco anos após deixar o cargo. "Está definido, meu filho", encerrou Lula.