quinta-feira, 28 de junho de 2007

AS TENTATIVAS DE UM PSEUDO ESCRITOR

Lendo o mais novo romance do Bernardo Carvalho " O Sol se Põe em São Paulo", logo no início me identifiquei com o narrador da história, quanto a sua obssessão em escrever um livro. Eu também estou ensaiando a anos algumas histórias que quando chega a um determinado ponto se enrosca de tal maneira que não consigo mais dar seguimento. Isso é uma frustação enorme, me sinto incapaz de dar um destino final aos meus personagens e os deixo vagando por ai, até que chegará um hora em que alguém me tomará a idéia e terminará os escritos.
O que me faz um pouco melhor com relação a isso é a idéia de que terminar um livro é sempre difícil para um pseudo escritor, como bem disse Sérgio Rodrigues, um outro escritor dessa nova geração. Vou me dedicar nesse período de férias da faculdade para me reencontrar com meus personagens e quem sabe o livro sai.