quarta-feira, 27 de junho de 2007

UM MOMENTO DE REFLEXÃO

Está se aproximando o dia em que farei vinte e nove, o que me deixará a um passo dos trinta anos. Eu já estou pensando como será a próxima década. Reflito sobre as realizações que consegui durante este período considerado jovem e o que me espera na fase do amadurecimento.
Tive vontade de falar com minha terapêuta, mas isso é impossível no momento porque ela foi despachar todas as minhas crises em París e só volta no final de julho. Talvez por conta do inferno astral, que segundo os astrólogos, compreendem a fase dos trinta dias que antecede a data de aniversário, estou bastante confuso e em crise. Acho que crises psicológicas são bons até certo ponto, para evoluirmos enquanto ser humano e espírito. Mas a atual é diferente. Sinto que é hora de mudar. Inclusive na questão trabalho, onde sempre achei que estava realizado, agora tenho dúvidas quanto a isso.
Vejo nada mais do que uma função saturada e que não me levara muito adiante no meu progresso, parece que alcançou seu limite máximo e tudo perdeu sua importância. Estou na grande questão, até onde tudo isso está valendo a pena? Ainda não encontrei a resposta, mas as divagações que me acompanham me trará uma resposta e quanto a isso, estou aguardando...